Navegar para Cima

Pastoral das Infâncias

A proposta contribui para a compreensão do desenvolvimento na fé da criança contemporânea.
01/05/2019
Vida Partilhada

​A Pastoral das Infâncias compreende as ações para o desenvolvimento na fé da criança contemporânea. Com esse projeto, a Rede Marista avança no compromisso de caminhar com as infâncias, dando respostas criativas às suas necessidades e incrementando uma presença significativa, de acordo com a realidade de cada espaço de missão. 

O projeto propõe caminhos que orientam e despertam possibilidades para atuação pastoral com as crianças considerando as linguagens infantis e as características de cada faixa etária nos processos de educação e amadurecimento na fé.

Além disso, a iniciativa também reforça o quanto é necessário potencializar meios para que a criança faça a experiência de oração, expresse a sua fé e vivencie momentos de partilha, diálogos e encontros.

Movimentos

Com o objetivo de alinhar os processos educativo-pastorais desenvolvidos na Rede Marista, o documento da Pastoral das Infâncias propões, em sua intencionalidade, três movimentos denominados de: Recordar, Compreender e Renovar.

  • Recordar o lugar das crianças no centro da missão marista inspirados pelo legado de Champagnat;

  • Compreender a criança contemporânea como um ser que possui um corpo e uma mente, num espaço e tempo presente, que sonha, fantasia, cria e recria, convive e se relaciona com os outros, sejam adultos ou outras crianças;

  • Renovar nossa atuação como uma forma de reconhecer a criança em um lugar teológico, optando por uma metodologia experiencial e garantindo o diálogo com as linguagens infantis;

​​​ Texto auxiliar da imagem
​Caminhos

A Pastoral das Infâncias propõe alguns caminhos para a concretização da renovação dos processos educativos-pastorais. Desta forma, as atividades com as crianças devem desenvolver aspectos como: o cultivo da espiritualidade, o amadurecimento na fé, a interioridade, a oração e a formação integral.

Além disso, a Pastoral das Infâncias também se propõe a promover e defender os direitos das crianças, adolescentes e jovens, bem como, acompanhar o envolvimento e participação deles/as nessas atividades.

Dentre os caminhos propostos, também se destaca o Grupo das Infâncias Maristas que tem o objetivo de promover espaços de vivência grupal com o intuito de incentivar o protagonismo infantil e cultivar a espiritualidade. Essa é uma experiência por adesão, sugerida para crianças com idade de 8 a 12 anos divididas por proximidade de idade.​

Saiba mais​

Confira aqui o e-book Pastoral das Infâncias que apresenta a visão completa do projeto.​