Navegar para Cima

Notícias

Seguimento de Jesus de Nazaré é tema do Retiro da PJM

Ao longo de três dias, o grupo participou de momentos de diálogo, reflexão e partilha
04/11/2019
Vida Partilhada
Ao longo de três dias, o grupo participou de momentos de diálogo, reflexão e partilha

​​​Autoconhecimento, escuta e convivência. Esses foram alguns dos aspectos que permearam o retiro da Pastoral Juvenil Marista (PJM) que ocorreu entre os dias 25 e 27/10, na Casa de Veraneio Jardim do Éden, em Tramandaí (RS). A atividade reuniu 25 pessoas entre Animadores/as, Assessores/as e Participantes da PJM. O objetivo do encontro foi proporcionar reflexões relacionadas ao seguimento de Jesus de Nazaré e à importância de exercitar a empatia. 

Durante o retiro, os/as participantes foram convidados/as a pensar sobre como as ações de Champagnat e de Jesus Cristo servem de inspiração para o cotidiano de cada um/a. Para Leonardo dos Santos, do Colégio Marista Maria Imaculada, de Canela (RS), foi uma experiência única. “O retiro proporcionou momentos reflexivos que me tocaram muito”, contou. “Foi uma oportunidade de redescobrir o meu eu”. 

Entre as atividades, também foi trabalhado o sentido do termo “Igreja do Avental", a partir da perspectiva de se colocar no lugar e a serviço do/a outro. Ao longo da programação, os/as jovens fizeram registros em um avental que receberam no primeiro dia a fim de marcar o que cada vivência significou para si e poder relembrar posteriormente. 

Júlia Machado, do Colégio Marista Aparecida, de Bento Gonçalves (RS) destacou o convívio com outros/as jovens e a diversidade de momentos. “A maneira como foi guiado me fez emergir totalmente na proposta”, disse. Saí do retiro renovada, pois todas as atividades realizadas me fizeram crescer como pessoa”.

Sobre a PJM

​Promover a evangelização junto com adolescentes e jovens é a missão da Pastoral Juvenil Marista (PJM). A PJM é uma organização juvenil das unidades maristas que experiencia o desenvolvimento integral da pessoa, a formação de lideranças, a socialização, a construção da consciência crítica, a vivência da espiritualidade cristã e do carisma marista.

Organiza-se através da vivência grupal, oportunizando a cada adolescente e jovem experienciar a vivência da mística, a realizar descobertas pessoais e coletivas, a ser protagonista de sua vida e na sociedade. O incentivo para construir um presente/futuro pessoal e coletivo o/a desafia a pertencer à PJM por opção/escolha, motivado/a pelo desejo em ser um/a agente transformador/a, um/a protagonista.

A centralidade do processo da PJM está no amadurecimento, na fé e no compromisso adotado pelas juventudes em construir/experienciar a Civilização do Amor, expressão que significa um projeto de sociedade em que valores como justiça, liberdade, fraternidade, solidariedade sejam realidade para todos/as.​