Navegar para Cima

Notícias

Primeiro Encontro do Movimento Farol é marcado por partilha e histórias de vida

No último sábado, os primeiros integrantes do novo grupo de laicato juvenil estiveram reunidos para iniciar a caminhada do Movimento
04/12/2019
Vida Partilhada
No último sábado, os primeiros integrantes do novo grupo de laicato juvenil estiveram reunidos para iniciar a caminhada do Movimento 

​​​​​​No sábado, 30/11, foi realizado o primeiro Encontro Provincial do Movimento Farol, na Casa Marista da Juventude (Caju), em Porto Alegre (RS). A proposta da reunião foi oportunizar um primeiro momento de integração aos/às jovens que têm o objetivo de iniciar um novo formato de caminhada marista. 

Lançado em junho de 2019, o Movimento Farol – grupos juvenis de vida marista, tem o propósito de ser uma organização laical juvenil que proporciona experiências a partir do carisma marista. Atualmente, conta com dois grupos formados, um em Porto Alegre e outro em Passo Fundo. Além disso, integrantes de outras cidades também já estão em contato com a Coordenação de Vida Consagrada e Laicato da Rede Marista para articular a formação de novos grupos.

No encontro que ocorreu no dia 30/11, a proposta metodológica para a programação foi desenvolvida de acordo com a essência do Movimento, que busca, desde seu lançamento, envolver todas as pessoas participantes do processo. Desse modo, mesmo com um roteiro de atividades prévias, a dinâmica da reunião foi sendo construída em conjunto com os participantes. 

Histórias e caminhada partilhada 

Ao longo da manhã, ocorreu um momento que incentivou reflexões individuais dos/as participantes sobre suas vidas. Logo após, eles/as foram convidados/as a partilhar essas histórias para que pudessem (re)conhecer uns aos outros e entender que, mesmo com diferentes projetos de vida, todos estavam em um mesmo caminho – tocados pelo mesmo carisma, buscando propósitos de vida em conjunto, de forma partilhada. 

Para Natalia Fernanda Menegol, referência do grupo de Porto Alegre, fazer parte do início dessa caminhada é gratificante. Ela conta que antes mesmo do lançamento do projeto em rede, ela já articulava com outras pessoas que sonhavam em viver o carisma em grupos juvenis. “Nós já nos reuníamos e pensávamos temáticas para dialogar e partilhar”, conta. 

Ela explica que o Movimento Farol é uma oportunidade para viver um aspecto da vida que muitas vezes é ignorado no cotidiano: “Nem sempre temos espaço na vida para falar da nossa história, para pensar nosso projeto de vida, nossos sonhos e compartilhar com as pessoas”, pontua.“Quando compartilhamos a nossa história, criamos uma conexão diferente com as pessoas”. Integrante de um grupo já estruturado, ela comenta que é necessário um aprofundamento em conjunto das possíveis temáticas para se trabalhar. “Além de olhar para dentro como grupo, hoje entendemos que é importante ir para fora, participando de ações sociais, realizando voluntariado, por exemplo”.  

Marcos Broc, da Coordenação de Vida Consagrada e Laicato da Rede Marista e responsável pelos encaminhamentos do projeto, conta que a expectativa para essa etapa do Movimento foi de muita dúvida, medo e superação de obstáculos. “É uma proposta nova, diferente de tudo que já existe”, explica. 

Ele ainda fortalece que o encontro foi só o início e que percebe dois pontos essenciais a serem priorizados a partir do momento vivenciado “A questão é que não há Movimento Farol sem grupo”, comenta. “Nosso próximo passo é fomentar espaços para a manutenção desses grupos e entender qual é a essência de cada um deles. “Carisma foi o ponto de união e agora? Vamos só nos encontrar ou vamos fazer algo para melhorar o mundo?”, finaliza.​​​​

Sobre o Movimento Farol 

O Movimento Farol surge como um jeito de percorrer os caminhos na jornada da vida, equilibrando a dimensão da espiritualidade, da vida partilhada e da missão, praticando em cada uma delas as virtudes mariais de humildade, simplicidade e modéstia.

Nesse sentido, o Movimento Farol existe para a missão, para sair, para inserir-se em Pastorais, conselhos, organizações, campanhas e atividades promovidas por espaços eclesiais ou civis. 

Acesse o e​​-book e conheça mais sobre o Movimento.