Navegar para Cima

Notícias

Instituto Marista manifesta solidariedade às vítimas do Sri Lanka

Principal liderança marista publicou uma declaração a Irmãos, Leigos e colaboradores de todo o mundo
26/04/2019
Institucional
Principal liderança marista publicou uma declaração a Irmãos, Leigos e colaboradores de todo o mundo

​​Comprometidos com a busca da paz e do bem comum, o Instituto Marista manifesta publicamente a sua consternação pelos atos de violência ocorridos no Sri Lanka no domingo, 21 de abril. O comunicado do Irmão Marista Ernesto Sánchez, Superior Geral, foi recebido na última semana. Centenas de pessoas perderam a vida, dentre elas três estudantes e alguns pais e ex-alunos das escolas Maris Stella Negombo e Maris Stella Thimbirigaskatuwa. Nossa solidariedade e orações a essas famílias, bem como a todo o povo do Sri Lanka.

No comunicado, o Superior Geral enfatiza a busca do Instituto Marista pela construção de uma cultura de paz: “reafirmamos a nossa fé na busca de soluções pacíficas e no poder do amor como caminho cristão, sendo essas as respostas fundamentais para a construção da paz e da justiça duradouras".

Confira na íntegra o comunicado do Superior Geral do Instituto Marista:

Comunicado do Superior Geral e seu Conselho aos maristas de Champagnat em Sri Lanka  

Diante dos terríveis atentados sofridos no domingo de Páscoa, 21 de abril de 2019, em várias Igrejas e hotéis do Sri Lanka, expresso a vocês, em nome do Instituto e do Conselho geral, nossa profunda tristeza, consternação e dor por esses atos de violência injustificáveis e desumanos, que condenamos veementemente.

Juntamente com o Ir. Mervyn Perera, Superior provincial, e toda a Igreja do Sri Lanka, assim como todos os homens e mulheres de boa vontade de qualquer credo ou ideologia, expressamos nossa solidariedade. Lamentamos profundamente saber que três alunos e alguns pais e ex-alunos de nossas próprias escolas, Maris Stella Negombo e Maris Stella Thimbirigaskatuwa, perderam suas valiosas e insubstituíveis vidas. Apresentamos as nossas condolências e orações às suas famílias, bem como a todos os outros que morreram ou foram feridos e a todo o povo do Sri Lanka.

Do mesmo modo, reafirma​mos a nossa fé na busca de soluções pacíficas e no poder do amor como caminho cristão e única resposta fundamental para a construção da paz e da justiça duradouras.

Pedimos a todos os maristas do mundo, em suas diferentes redes, que se unam na oração, na proximidade e nos gestos de solidariedade, para o descanso eterno dos defuntos de nossa comunidade marista e das outras vítimas inocentes; para a recuperação de todos os feridos; para o conforto de todas as suas famílias e amigos; e para a paz estável e permanente em seu querido país.

Com afeto,

Ir. Ernesto Sánchez, Superior Geral, e Conselho Geral