Navegar para Cima

Notícias

Imagem da Boa Mãe é entronizada na Paróquia Bom Jesus

09/12/2019
Vida Partilhada
A missa solene contou com a participação de Irmãos, Leigos e Leigas maristas

​​​​​No último domingo, 8/12, dia dedicado a celebração da Imaculada Conceição de Maria, foi realizada a entronização da imagem da Boa Mãe na igreja matriz da paróquia Bom Jesus, em Porto Alegre. A missa solene, presidida pelo pároco Kauê Antoniolli, contou com a presença de Irmãos, Leigos e Leigas maristas.

Esta é a primeira paróquia da Arquidiocese de Porto Alegre que tem uma imagem da Boa Mãe em lugar de honra. Para o Irmão Inacio Etges, presidente da Rede Marista, a iniciativa do padre Kauê é uma forma de difundir a devoção à Boa Mãe: “São Marcelino Champagnat consagrou toda a sua obra a Maria e nos deixou esse legado de sempre recorrermos a ela em todos os momentos. Que todos e todas que fazem parte da Paróquia Bom Jesus também possam ser agraciados com as bençãos da nossa Boa Mãe que hoje ganha um lugar especial nessa comunidade de fé", afirmou.

​​​ Texto auxiliar da imagem

O Irmão Inacio Etges explicou a origem da devoação marista à Boa Mãe

Assim como os Irmãos Maristas que estavam presentes na celebração, os Leigos e Leigas do Movimento Champagnat da Família Marista (MChFM) também participaram da liturgia da missa e do momento solene da entronização. O padre Kauê reforçou o quanto a atuação dos/as Fraternos/as é importante para a evangelização: “para nós é motivo de muito orgulho termos presentes em nossa paróquia Leigos maristas que contribuem diretamente na evangelização e nas ações sociais desenvolvidas em nossa comunidade".

Além da imagem da Boa Mãe, que agora está entronizada na igreja matriz, a presença marista na Paróquia Bom Jesus seguirá por meio da atuação dos Leigos e Leigas do MChFM.

 

 Entronização Boa Mãe

​​

Devoção marista à Boa Mãe​

Para Champagnat, o especial nome atribuído Maria foi o de “Boa Mãe". A imagem, que mostra Jesus nos braços da mãe, inspira ternura e manifesta a presença amorosa de Maria. A figura do menino Jesus, calmo e confiante, sugere uma atitude de total confiança em sua maternal proteção. Esta atitude de plena confiança foi fundamental na vida e na espiritualidade de São Marcelino.

Esta imagem foi a mais popular na França durante o século XIX. O título não foi criação de São Champagnat, pois esta denominação era muito popular na França. Mas ele adotou-o e citou-o inúmeras vezes nos seus escritos e orações, consagrando o Instituto Marista à ela e dando o título de “Primeira Superiora".

Referência: Maria, a Boa Mãe - Ir. Benê Oliveira​