Navegar para Cima

Notícias

Jovens que fazem a diferença

O tema do Encontro Internacional de Jovens Maristas, Change – Faça a diferença, pautou diversos momentos do encontro que reúne mais de 300 jovens maristas, de 40 países.
22/07/2013
Institucional
O tema do Encontro Internacional de Jovens Maristas, Change – Faça a diferença, pautou diversos momentos do encontro que reúne mais de 300 jovens maristas, de 40 países.

​O tema do Encontro Internacional de Jovens Maristas, Change – Faça a diferença, pautou diversos momentos do encontro que reúne mais de 300 jovens maristas, de 40 países.

Um desses momentos foi um espaço de debates denominado Jovem Comunidade!. Separados por equipes, participaram de momentos de reflexão nos espaços de debates, e juntos elencaram os grandes apelos das juventudes maristas.

Logo depois, no painel Fazer a diferença!, foram apresentados três projetos sociais desenvolvidos por jovens em comunidades em situação de vulnerabilidade social. Para o debate foram convidados os jovens assessores: Ir. Edouard Luc, coordenador de pastoral do Líbano e da Síria, da Província Mediterrânea; o Ir. John Yang, da Província Ásia Leste; e a jovem comunicadora Ariane Gonçalves, da UNICEF.

Experiências transformadoras

Ir. Edouard Jabre apresentou o projeto “Maristas Azuis". Desenvolvido no Norte da Síria, acolhe as famílias refugiadas da guerra e em situação de pobreza extrema, prestando assistência médica, alimentar e educacional. De acordo com ele, já foram atendidas por meio do projeto cerca de 100 pessoas. “A diferença desse trabalho é favorecer os mais empobrecidos", explicou.

O Ir. John Yang falou sobre a sua vida de missionário marista e da presença dos Irmãos na China, país onde desenvolvem trabalhos pastorais e educacionais. “Se queremos mudar o mundo temos que ser modificados antes", elucidou ao relatar que ensina inglês e auxilia a população no estudo da bíblia.

Ariane Gonçalves, do UNICEF, apresentou a “Plataforma dos Centros Urbanos", projeto com foco em questões socioambientais que atende, atualmente, seis comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro, beneficiando mais de 4 mil famílias com serviços nas áreas da saúde, saneamento básico, dentre outras. Um grupo com 40 jovens formam a equipe que presta suporte e ajudam nas ações do projeto. “Vamos às casas, verificamos as condições, e identificamos os principais problemas", explicou Ariane.

Apelos das Juventudes

As atividades ocorreram ao longo da quinta-feira, 18/7. O dia terminou com a oração do Lucernário. Além disso, os jovens apresentaram os apelos maristas. São eles:

1.    Pelo trabalho de nossas mãos revelamos o coração de Deus.

2.    Somos chamados a viver em comunidade e a construir o Reino de Deus a partir do carisma marista.

3.    A necessidade de sair ao encontro nos ajuda a marcar a diferença, abrindo nossos olhos e nosso coração, sendo nós mesmos já que só podemos transmitir o que vivemos.

4.    Somos de diferentes lugares, mas temos uma mesma identidade. Juntos, sonhamos para construir um mundo novo.

5.    Os tempos mudam, os lugares mudam, mas os sonhos continuam os mesmos, porque olhamos pela mesma janela de Champagnat.

6.    Ajudar o jovem a sair do mundo materialista, trazê-lo para refletir sobre os valores fundamentais e fazer com que sempre busque o bem do próximo.

7.    Queremos que os jovens quebrem as barreiras das diferenças e se unam e identifiquem simplesmente por serem jovens, para que ganhem força e façam a diferença.​