Navegar para Cima

Notícias

EJM 2018 propõe novas atitudes para fazer a diferença

A partir da palavra atitude, Encontro de Jovens Maristas 2018 busca refletir sobre a atualidade e motivar mudança de atitudes
16/08/2018
Vida Partilhada
A partir da palavra atitude, Encontro de Jovens Maristas 2018 busca refletir sobre a atualidade e motivar mudança de atitudes

​​​​​​​​​​Protagonismo juvenil, processo participativo, acolhida à diversidade e sustentabilidade são alguns dos eixos que norteiam a preparação para o Encontro de Jovens Maristas (EJM), que ocorre no dia 25 de agosto na Pontificia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS​) e reúne adolescentes e jovens de 24 unidades da Rede Marista. O evento está sendo organizado pelos participantes da Pastoral Juvenil Marista (PJM), em conjunto com a Coordenação de Pastoral da Rede Marista​. Foi deles a ideia de escolher a palavra Atitude como tema do enc​ontro. Uma forma de refletir sobre a situação atual do país e de motivar pessoas a fazer diferença no mundo.

​​​ Texto auxiliar da imagem

O EJM 2017 ocorreu no Colégio Marista São Franscisco, em Rio Grande


Acompanhe a preparação dos/as jovens para o EJM 2018 na página do evento no Facebook​​

Para Lucas Gerhard, integrante da equipe que planeja os momentos de mística e orantes do encontro, o objetivo do EJM precisa ir além da celebração da caminhada da PJM. “Para este ano, buscamos como um dos aspectos principais fomentar a reflexão e a discussão quanto a questões de injustiças, preconceitos e intolerâncias que presenciamos na sociedade", afirma o jovem, que é Animador de um dos grupos da PJM. Júlia Sant'Ana, também Animadora, defende que é fundamental provocar novas atitudes, como, por exemplo, o respeito ao/à outro/a. “É preciso refletir que todos somos diferentes e que podemos aprender muito com isso", ressalta Júlia, que faz parte das equipes que organizam as oficinas e a ambientação do evento.

 

Organização

Um dos pontos de destaque do EJM 2018 é o cuidado com o meio ambiente. A ambientação será feita com materiais recicláveis confeccionados pelos/as próprios/as jovens da PJM da PUCRS. Não haverá lonas e banners no dia do encontro e o uso de plástico será restrito. Além disso, serão priorizados alimentos mais saudáveis, o que também colabora para diminuir o impacto do evento na natureza.

Outro aspecto considerado é o processo participativo no que diz respeito à organização. Os/as jovens são protagonistas de todo planejamento do encontro. Ao todo, cerca de 70 pessoas, divididas em dez equipes, atuam na organização. Os grupos são responsáveis por pensar desde a acolhida até os momentos de confraternização. Para Júlia, esse formato é um diferencial. “Decidimos tudo em conjunto e ver esse processo é especial. Todos/as estão dando o melhor de si e fazendo tudo com muito carinho", destaca ela.

​Tanta dedicação gera expectativas muito positivas para o dia 25 de agosto. “Estou muito animada para este EJM e tenho certeza que o/a jovem que vier sairá diferente que chegou", projeta Júlia. Gerhard também está entusiasmado e acredita que a vivência no dia do evento provocará os/as participantes a terem novas atitudes em seus cotidianos.​

Programação 

O EJM será todo conduzido por jovens. As​sim como nos anos anteriores, haverá oficinas, momentos de celebração e de confraternização. A expectativa é de que 1,6 mil pessoas participem do encontro.

Confira o texto inspirador para o encontro:

Atitude!

Para quem é marista, é saber que o futuro é hoje.

É ser protagonista da própria vida.

É cantar as alegrias das juventudes.

É encontrar a paz ao sair da zona de conforto.

Atitude significa ser consciente com o planeta e com as pessoas.

Ter coragem para vi[ver] o mundo.

Pensar no coletivo, na diversidade. Através dela somos plurais, políticos/as, cidadãos/ãs.

Que possamos colocar os pés no barro.

Compartilhar a mística da PJM.

Defender a justiça social.

Fazer do mundo um lugar melhor.